06 outubro 2010

Textos para se Inspirar.

ADIMITO!

Mas eu admito que gostava, sentia a falta dele quando ele estava fora, ficava feliz quando ele vinha me visitar. Meu estomago inda embrulhava quando eu via ele.
Parecia estupidez, ainda mais depois da minha declaração de "amora-é-pra-idiotas".
Mas a verdade pe que a gente acabe se entregando....
Entregando-se aquele olhar, aquele sorriso, aquele chamego.
Aquele tudo possível que ele poderia representar pra mim.
Agora ele me olhava daquele jeito, me deixando sem graça...
Sorrindo, como se soubesse o que eu estava pensando, como se lesse isso na minha cara
As vezes é simplesmente difícil esconder certas coisas.
-O que? - eu pergunto.
- Nada, só tava aqui pensando...
- No que?
- Você não ia para de fazer perguntas?
- Fala!
- humm... o quanto é bom ficar com você aqui. - eu sorrio para ele.
-É mesmo bom.
Ele me abraça, e ficamos lá pelo o que parecia ser um tempo sem nexo, sem medição possível.
Me deparo com uma realidade que ia contra meus princípios... Se é que eu posso chamá-los assim.
Porque não consigo olhar a vida dessa forma,
Não consigo olhar o amor dessa forma.
Não depois do que ele consegue me fazer sentir agora.


P.s: É, o/  foi eol qui fiz!

Gosto? odiô? Não deixe de COMENTAR!

UmBeijo!
UmCHeiro!

2 comentários:

Wayne Kyle disse...

Entendo issu tudo garotenhas x)

Ops, jah ia eskecendo...

- Wayne, prazer - Estende a mão... fika no vacuo.

Ok entoon... mesmo asssim me amarrei nesse Blog

õ/

Visita o meu lah *-*

ɑɳiɳɦɑɑ e Iɑรɱiiiɳ. disse...

shaushaushaus..
Prazeer ana vitória...
*estend a mão e não dehsa no vacuo*
^^
Adorey seu blog!
Volte sempre.
Beijos!

Solte sua criatividade!

!-- Inicio do codigo de navegacao -->